Minha primeira corrida de rua nos EUA

Voltei a treinar com acompanhamento há alguns poucos meses e em uma das planilhas que recebi, tinha uma observação em um dos dias: tente se inscrever para essa prova!

Dei uma olhada e se tratava de uma corrida curta (em torno de 6km)! Sem pensar muito fui lá e fiz a inscrição! O tempo começou a passar e na minha rotina de treinos começaram a aparecer algumas observações para fazer partes dos treinos no pace que estava planejando para corrida.

De uma maneira bem direta ao ponto, pace é o seu ritmo, ou seja, quanto tempo você demora para percorrer 1km. Um pace de 5, significa que a cada 5 minutos, você completa 1 km.

Lembro que nos meus últimos treinos antes da corrida vinha tentando manter uum pace de 4:30 min/km nos trechos que tinha que correr a pace de corrida. Pode parecer pouco, mas pra mim já é um ritmo forte, e minha frequência cardíaca pulava pras alturas super rápido.

A prova

A distância da prova era de 4 milhas (em torno de 6.4km) e acontecia dentro de um local chamado Greenway que é um dos lugares mais bonitos que já fui (e poder treinar ainda por lá, é demais)!

Como as coisas ainda estão em processo de reabertura aqui, eles fizeram a largada por etapas, sempre com um número máximo de pessoas saindo a cada 20 minutos. Na hora da inscrição era possível escolher um desses horários.

O grande dia

Apesar de ser uma prova menor (em termos de distância) que muitos dos meus treinos, fazia tempo que não tentava manter um pace mais baixo que o normal por um período maior de tempo. Por isso, tentei me preparar um pouco para o dia da prova.

No dia anterior não fiz nada de diferente do que já vinha fazendo. Tive o day off de treino mas tentei seguir a alimentação de sempre, sem a famosa macarronada no dia anterior.

A minha largada era as 7:20 da manhã e o plano era:

  • tomar meu café da manhã normal em torno de 2 horas antes.
  • chegar no local da prova entre 40 minutos a 1 hora antes da largada para poder começar o aquecimento e fazer o último check de temperatura.
  • 30 minutos antes ingerir uma dose extra de carboidrato.
  • fazer um aquecimento bem leve de 2km.

Um pouco dos números

KM Pace
1 3:48
2 4:07
3 4:18
4 4:11
5 4:09
6 4:09
0.54 4:22

Como dá pra ver na tabela acima, eu já comecei muito mais forte do que deveria e isso é um erro comum, principalmente de quem está começando no esporte. Se fosse uma prova mais longa, com certeza não aguentaria o ritmo, mas felizmente, nessa apesar de notavelmente não ter mantido o ritmo inicial, consegui correr mais forte do que o planejado.

No Strava:

A recompensa inesperada

Alguns dias depois da prova, entrei no site para ver se tinham tirado alguma foto legal de registro e, pra minha surpresa vi meu nome na lista de awards e quando comecei a pesquisar vi que tinha ficado em 9º lugar geral da prova e em 1º no meu age group.

A maioria das provas separa as categorias amadoras em age groups: geralmente, 20-24, 25-29, 30-34, etc.

Uns 10 dias depois da prova, peguei o meu award: esse certificado abaixo, um cupom de $15 pra usar em uma loja de corrida e um par de meias específicos para corrida! Um prêmio modesto mas que o que realmente conta é o significadoo. Mas pra ser sincero o que me deixou mais feliz é poder ver o progresso passo a passo e meu corpo respondendo a treinos cada vez mais desafiadores.

O pós

O nosso corpo entende das coisas! Apesar de ter me sentido o cansaço muscular pós prova, a princípio não tinha notado nada de diferente. Eis que, na semana seguinte, no meu primeiro treino de corrida comecei a sentir um incômodo na panturrilha direita. Provavelmente por ter feito um esforço maior do que estava acostumado.

Por sorte, logo após isso entrei em uma semana mais leve de treinos e junto com fisioterapia, gelo e alongamento consegui me recuperar 100%!

See all posts...